quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Recorrente



Quero sair um dia na rua
com chuva e tudo
dançando, pintando
com a cor de Janaína
todos os prédios sisudos

Brincar na areia
dos parques escondidos
Fazer quintais
nos apartamentos

Quero um dia sair
com a cor dos lírios
e afrontar as cores da moda
quero sair de azul-piscina
e afogar no mar imenso que sou
todos os seres

Voltar grávida de gentes para casa
e explodir
como um cometa
em nove meses

26.09.1984

I want to go out someday, at the street
with rain, whethever,
dancing and painting
with Janaina colour
every grey building

I want to play at sand tank
of hidden parks
Bringing the backyard
to the apartments

I want to go out someday
with the lilly colour
and face the fashionists
I want to go out with pool-blue color
and drown at the great sea that I am
Every beings

Coming back home, pregnant of peoples
and exploding
like a comet
in nine months

6 comentários:

Rodrigo Motta disse...

Quero escrever bem assim... rs
Bonito Poema...
1984 ano que nasci... rs

Beijo.

Mary Flower disse...

De lá pra cá, Rodrigo,
outros chegaram, como você e os meus filhos... o Halley passou, como muitos amigos que se foram, mas a esperança continua a mesma.
Ainda quero colorir o mundo!
bj

Candy Girl disse...

Oi Mary
Obrigada pela visita! Também adorei seu blog viu!
bjinhos

Mary Flower disse...

Olá, Candy Girl,
Eu é que agradeço o carinho.
Volte sempre!

Sea Angels disse...

Wonderful poem really interesting and the photographs are amazing, thankyou for sharing them.
Have a lovely week
Hugs Lynn xx

Mary Flower disse...

Thank you, Lynn, for coming visit me, here!