sábado, 20 de setembro de 2008

Inconsciente


E se de repente o sonho
é mesmo a gente em cada detalhe
a pedra, o ogro, a flor, a queda
são tudo a gente

O olho, a mão, o corredor,
o vulto, a vela, o animal
são tudo mesmo a gente
tudo a gente mesmo

Se é assim que o sonho aflora
se for assim então
a gente é gente, é flor, é pedra, animal
somos nossa dor e salvação

Nossa queda e aflição
nossa mão na hora H
nosso escorregar
a mãe, o desconhecido, o horror

A água, o mar, se somos nós,
se nos banhamos lá
quando ninguém está a olhar
se unimos o divino e o satanás

Basta girar a chave, ver o corte sangrar,
a roupa despir, o lábio apertar,
esquecer a dor, aprender a ler
sina e sinais, sombra e assombração

De'star que aprendo a ler
Procuro minha mão no sonho
bebo o copo com água,
anoto lembranças no papel

Escuto D. Juan e outros xamãs
estudo Dr. Jung,
saúdo os gaviões
medito no trânsito

Mesmo assim,
se sou eu, sou eu, se sou eu,
banho de folha e de sal,
escalda-pés não vão curar

O que a lágrima destampa
o que o mar salga e o rio adoça
A sede da mulher-peixe,
a fome descomunal

Nada vai suavizar
a crueldade que dorme
e sai às vezes
pra passear


D. Juan é o personagem fascinante citado nos livros de Carlos Castañeda.
Carl Gustav Jung é fonte.
Sonhar é essencial.
Foto de Cauê Mathias.

5 comentários:

Rodrigo Motta disse...

Muito bom...
Adorei a foto!
Abraço.

Mary Flower disse...

Oi, Rodrigo,
Obrigada pela visita!

Wilson Mesa disse...

Mary Flower
Gracias por visitar mi blog. ¿Cómo lo encontraste? Estoy conociendo el tuyo. Como no domino el portugués tengo ciertas dificultades, pero me ha gustado lo que vi. ¿Los poemas son tuyos? me gustaron. Felicitaciones!!!!
Wilson

ev disse...

Éste me gustó mucho. Existencial...
Es el individuo descubriéndose a si mismo en los otros y las otras cosas siempre relativas en la medida que es desde nuestra conciencia las percibimos... A veces reconocerse igual pequeño ante el todo, insignificante... Con tan poco poder de hacer a veces. Al final ese tono algo pesimista...
Muy bueno.

Saludos

Ev

Mary Flower disse...

Gracias, Wilson e ev, por las visitas e cariño.